RSS

Arquivo da tag: saúde

Culinária japonesa: um doce para a saúde

Tudo indica que os ocidentais têm muito o que aprender com os orientais mesmo, principalmente quando o assunto é comida. Enquanto no Brasil os doces são condenados, no Japão eles são considerados saudáveis, pois são feitos, principalmente, com ingredientes naturais. 

 Os doces do Japão, ou melhor, os Wagashi, possuem leguminosas (feijão azuki, soja), grãos (arroz para mochi, farinha de arroz, trigo), batatas, sementes de gergelim e algas (kanten), todos ricos em proteínas vegetais e com pouca gordura de origem animalO principal ingrediente utilizado na fabricação dos doces, o anko, é uma geléia de feijão que possui alto valor nutricional, sendo uma boa fonte de proteínas, fósforo, cálcio e vitaminas do complexo B. Importante lembrar também que ela é rica em fibras alimentares, atuantes na melhora do trânsito intestinal e diminuição da absorção de gorduras.

Apesar de deliciosos, nutritivos e muito tradicionais na terra do sol nascente, os doces só começaram a incorporar o cardápio japonês com o surgimento da cultura de cereais. Antes, o sabor adocicado ficava por conta dos frutos. Além de saudável, os Wagashi são verdadeiras obras de arte, pois a aparência deles é muito artística e criativa que lembra as artes de origami dobradura de papel. Esses doces são considerados um dos símbolos da beleza nipônica, um representante da delicadeza e alta qualidade da culinária japonesa.

 

Tags: , , , ,

Porque a culinária oriental faz bem à saúde?

 Nos últimos anos, a comida japonesa ganhou destaque no Brasil. Os apreciadores desta culinária são atraídos por seu sabor único e pelo fato de vislumbrarem nesta alimentação, considerada saudável, uma fonte para manter a boa forma. Basta observar a população do Japão e perceber que a obesidade é rara entre eles! Isto sem falar na expectativa de vida das japonesas, que é de 86 anos, a mais elevada do mundo, frente a 72,7 das brasileiras, segundo o IBGE.

Sabiamente os japoneses transformam a refeição em um momento mágico! Há uma preocupação com a estética e com o sabor dos alimentos, os pratos são servidos com cores e formas variadas, além de manter uma harmonia entre o sabor natural e a energia de cada ingrediente.

O peixe cru virou símbolo dessa culinária. Salmão e atum (dentre tantos outros) não podem faltar na mesa de um delicioso jantar japonês. Rico em proteínas de fácil digestão, os peixes oferecem aminoácidos essenciais, aqueles que o nosso organismo precisa e não consegue produzir, além de serem ricos em ácidos graxos poliinsaturados, conhecidos como ômega 3, e minerais como o cálcio, sódio, potássio, fósforo, ferro e zinco.

Mas não são somente os peixes crus que tornam a comida japonesa saudável. A soja, amplamente utilizada na preparação do tofu e do missô, é outra fonte de proteínas e ácidos graxos poliinsaturados, além de fornecer minerais e vitaminas do complexo B.

Não podemos deixar de citar, a contribuição do arroz que supre nossas necessidades de carboidratos, essencial para qualquer dieta. Além das algas, do chá-verde e do shitake, fontes naturais de substâncias antioxidantes.

E para completar as necessidades nutricionais, podemos contar com os legumes. Na culinária japonesa, geralmente, os legumes são pouco cozidos (al dente) para preservar o sabor característico e isto contribui para garantir a textura (fibras), a cor e os nutrientes desses ingredientes.

Fonte: http://www.nutricaoemfoco.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em julho 7, 2011 em Curiosidades da culinária

 

Tags: , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: