RSS

Arquivo mensal: julho 2011

Diferentes tipos de sushis

Muita gente lê o cardápio da culinária oriental e fica cheio de dúvidas ao se deparar com os nomes de cada prato: sushi, sashimi, hot Filadélfia, tekamaki, uramaki ou gohan. Para ajudar você a entender melhor o que são, suas histórias e até mesmo a tradição de cada um, estaremos publicando matérias especiais no blog do Kiboo. Acompanhe!

Sushis

Existem vários tipos diferentes de sushis e, de acordo com o formato e recheio, recebem nomes diferentes. Veja os mais conhecidos:

Califórnia | versão americanizada de uramaki, é uma boa opção para quem não gosta de peixe cru. Vem com kani, pepino e manga (ou abacate). Algumas vezes o sushiman inclui maionese, outras vezes cream cheese.

 

 

Hossomaki | é o arroz e o recheio envoltos em alga marinha. Hosso quer dizer fino e maki significa “enrolado”, daí, “enrolado fino”. Conforme o recheio usado, o hossomaki leva outros nomes, como:

Tekamaki – de atum. Kapamaki – de pepino. Shakemaki – de salmão.

Nigiri | bolinho de arroz em forma alongada coberto com fatias de peixe cru ou ainda polvo e camarões. Sempre preparados à mão, sem a ajuda de esterinhas ou formas, e apresentados em pares. O movimento da mão ao fazer este bolinho leva o nome, em japonês, de niguiri, daí o nome deste sushi. As pessoas tendem a “molhar” o arroz do niguiri no shoyo, mas o certo conforme a cultura oriental é “molhar” o peixe.

Norimaki | bolinho de arroz enrolado em alga de nori. Este sushi é recheado com omelete, pepino, maionese, abacate, alface, camarões e lulas.

Temaki | é o cone de alga recheado com arroz, peixe e pepino. O nome quer dizer “enrolado na mão” (Te=mão). A alga marinha do temaki tem que estar bem sequinha e crocante.

Uramaki | arroz sobre folha de nori (alga), tiras de peixe ou outros ingredientes, enrolado de forma que o arroz fique na parte externa. Ura quer dizer “fora”. O uramaki normalmente vem com gergelim, que além de enfeitar, dá um sabor especial. Depois é cortado em 6 unidades. O mais conhecido é o uramaki califórnia.

Fonte: http://culinaria.terra.com.br

 
1 comentário

Publicado por em julho 29, 2011 em Curiosidades da culinária

 

Tags: , , ,

Kiboo Sushi na sua casa!

Comer uma deliciosa comida japonesa em casa é super simples com o delivery do Kiboo Sushi! Se você está na região de Lagoa Santa, Vespasiano, Confins, Pedro Leopoldo e na área da Cidade Administrativa basta ligar para a gente: 3681-5713!

O delivery do Kiboo Sushi funciona todos os dias nos horários do almoço, 11h às 15h, e jantar, entre 18h e 23h. Você pode saborear qualquer prato do cardápio! Ligue pra gente e consulte as tarifas de entrega! No delivery do Kiboo você também tem facilidades no pagamento, aceitamos os cartões de débito e crédito Visa, MasterCard, Diners, Visa Electron e Rede Shop.

 
Deixe um comentário

Publicado por em julho 27, 2011 em Novidades Kiboo

 

Tags: , , ,

Nova promoção para seguidores do Kiboo na web

O “Kiboo com 30% de desconto” foi um sucesso nas redes sociais da casa!! Agradecemos a participação intensa dos amigos do Facebook e seguidores do Twitter e Blog. Para quem já estava gostando, a promoção das próximas duas semanas vai estar ainda melhor. Agora, são 40% de desconto, e o prato principal é indicado para três pessoas! Está de boca aberta? Venha para o Kiboo!

Entrada: Rolinho Primavera

Prato principal: Teppan Yaki (sabores: peixe, lula, filet, frango, salmão, tofu ou picanha) (na foto: Teppan de picanha)

Acompanhamento: Yakimeshi (risoto de frango, ovos e legumes), Gohan (arroz japonês) ou Arroz chau-chau

Bebida: Garrafa de vinho (Toso Malbec, Angaro Chardonnay ou Santa Carolina Cabernet Sauvignon)

De R$ 112,60 por apenas R$ 67,50

A promoção é válida para os seguidores das redes sociais do Kiboo Sushi – Facebook, Twitter e Blog. É preciso fazer reserva com antecedência porque as vagas são limitadas. Esta promoção é válida para almoço e jantar nos dias: 24, 25, 26 e 31 de julho, e dias 1 e 2 de agosto.

 
Deixe um comentário

Publicado por em julho 21, 2011 em Novidades Kiboo

 

Tags: , ,

Moradias japonesas ainda mantêm a tradição

O estilo de vida do Japão mudou muito depois da 2ª Guerra Mundial, quando um grande número de pessoas deixou a região rural para se fixar nas cidades, trocando o campo pelo trabalho em escritórios. Um costume que se mantêm nos lares japoneses é abrigar três ou mais gerações da família sob o mesmo teto. Outra tradição importante é preservar ao menos um dos cômodos com piso de tatami.

Em geral, as casas tradicionais são feitas de madeira e sustentadas por pilares do mesmo material. As construções mais recentes, porém, já seguem o padrão ocidental representado pelos amplos prédios de apartamentos, levantados com ferro e cimento. No entanto, o costume de se ter pelo menos um aposento em estilo japonês, com piso de tatami, e de não usar sapatos dentro de casa ainda é preservado. É no genkan, ou entrada, que os japoneses tiram, guardam e calçam os sapatos. As pessoas normalmente colocam chinelos para usar dentro de casa.

Curiosidade

O tatami é uma espécie de esteira feita com uma base de palha e é usado para forrar os lares japoneses há 600 anos. Cada peça mede aproximadamente 0,95 x 1,91m, e o tamanho dos quartos é normalmente medido pelo número de tatamis que se encaixam no aposento. O piso feito com esse material é fresco no verão e morno no inverno.

Fonte: http://mundinhodesakura.blogspot.com

 
Deixe um comentário

Publicado por em julho 19, 2011 em Cultura Oriental

 

Tags: , , ,

Hashi: palitinhos, pauzinhos e afins

Para os que nunca ouviram falar e para aqueles que acham que já ouviram mas não sabem o que significa, o termo japonês hashi refere-se aos famosos “palitinhos japoneses”. Normalmente feitos de bambu ou madeira, e utilizados em praticamente todas as culturas asiáticas, o hashi surgiu pelo menos cinco mil anos antes do nosso conhecido garfo. Utilizá-lo não é uma tarefa fácil para algumas pessoas, mas não exige muito mistério. Veja algumas dicas e saiba como acertar na próxima vez que você for saborear um prato oriental.

1. O hashi deve ser segurado de sua metade para cima e nunca no começo: isso dificulta o movimento e diminui sua habilidade em manipular os pauzinhos. Se você não tem habilidade alguma, acredite, segurar o hashi perto da ponta mais fina não o ajudará a melhorá-la.

2. Nunca espete o hashi na vertical, nem passe a comida de hashi em hashi. Ambos os gestos estão relacionados a cerimônias fúnebres e rituais religiosos, e isso, definitivamente, não é algo que gostaríamos de lembrar em um momento de descontração.

3. Não cruze os pauzinhos. Quando não estiver usando-os ou quando tiver terminado de comer, deposite o hashi em paralelo ao balcão, no suporte apropriado (oki). Se não houver oki, pode-se usar o próprio invólucro de papel, dobrado.

4. Lembre-se: o hashi é um talher e deve ser utilizado apenas para apanhar a comida. Não utilize os pauzinhos para apontar pessoas, objetos ou movimentar pratos e tigelas. Além disso, gesticular com o hashi nas mãos ou balançá-lo no ar também é bastante deselegante segundo a cultura oriental.

Fonte de referência: http://www.mestresdosushi.com.br/materias.jsp

 
Deixe um comentário

Publicado por em julho 13, 2011 em Cultura Oriental

 

Tags: , , , ,

Rodízio para duas pessoas com desconto? Só no Kiboo Sushi!

O Kiboo Sushi está lançando promoções especiais para seus seguidores no Facebook, Twitter e Blog. São pratos e bebidas do cardápio com 30% de desconto. As promoções são divulgadas somente pelas redes sociais e válidas por tempo limitado. A cada 15 dias estaremos lançando um combinado diferente para você aproveitar nas suas noites de domingo, segunda e terça-feira. Basta acompanhar o Kiboo na web para ficar por dentro e reservar o seu lugar!

Nestas duas próximas semanas (dias 10, 11, 12, 17, 18 e 19 de julho) a promoção promete deixar muitas pessoas com água na boca: dois rodízios completos + garrafa de saquê (Soft Azuma Kirin 740 ml) ou vinho (Toso Malbec, Angaro Chardonnay ou Santa Carolina Cabernet Sauvignon) por apenas R$ 83,70. Para aproveitar basta ligar no Kiboo Sushi, dizer que você é seguidor das nossas redes sociais e quer participar da promoção “30% de desconto é no Kiboo”, e fazer a sua reserva.

Não se esqueça que a promoção tem datas determinadas e vagas limitadas, por isso, ligue agora e garanta a sua participação – (31) 3681-5713.

 

Tags: , , , ,

Porque a culinária oriental faz bem à saúde?

 Nos últimos anos, a comida japonesa ganhou destaque no Brasil. Os apreciadores desta culinária são atraídos por seu sabor único e pelo fato de vislumbrarem nesta alimentação, considerada saudável, uma fonte para manter a boa forma. Basta observar a população do Japão e perceber que a obesidade é rara entre eles! Isto sem falar na expectativa de vida das japonesas, que é de 86 anos, a mais elevada do mundo, frente a 72,7 das brasileiras, segundo o IBGE.

Sabiamente os japoneses transformam a refeição em um momento mágico! Há uma preocupação com a estética e com o sabor dos alimentos, os pratos são servidos com cores e formas variadas, além de manter uma harmonia entre o sabor natural e a energia de cada ingrediente.

O peixe cru virou símbolo dessa culinária. Salmão e atum (dentre tantos outros) não podem faltar na mesa de um delicioso jantar japonês. Rico em proteínas de fácil digestão, os peixes oferecem aminoácidos essenciais, aqueles que o nosso organismo precisa e não consegue produzir, além de serem ricos em ácidos graxos poliinsaturados, conhecidos como ômega 3, e minerais como o cálcio, sódio, potássio, fósforo, ferro e zinco.

Mas não são somente os peixes crus que tornam a comida japonesa saudável. A soja, amplamente utilizada na preparação do tofu e do missô, é outra fonte de proteínas e ácidos graxos poliinsaturados, além de fornecer minerais e vitaminas do complexo B.

Não podemos deixar de citar, a contribuição do arroz que supre nossas necessidades de carboidratos, essencial para qualquer dieta. Além das algas, do chá-verde e do shitake, fontes naturais de substâncias antioxidantes.

E para completar as necessidades nutricionais, podemos contar com os legumes. Na culinária japonesa, geralmente, os legumes são pouco cozidos (al dente) para preservar o sabor característico e isto contribui para garantir a textura (fibras), a cor e os nutrientes desses ingredientes.

Fonte: http://www.nutricaoemfoco.com.br

 
Deixe um comentário

Publicado por em julho 7, 2011 em Curiosidades da culinária

 

Tags: , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: