RSS

Ano novo: orações e purificação no feriado mais importante do Japão

05 dez

Uma festa que dura no mínimo três dias e pode chegar até a uma semana. Não, não estou falando do carnaval, trata-se do Revéillon Japonês, ou melhor, do Oshougatsu, como é conhecido por lá. Mas antes que você pense em pegar o primeiro vôo para o arquipélago é bom deixar bem claro: apenas o tempo de duração das celebrações é parecido com o nosso carnaval, o restante é quase que o oposto.

Homem vestido para dançar o shishimai, dança que atrai prosperidade

Considerado sagrado pelos nipônicos, o Revéillon é a data mais importante do Japão, e é reservada para orações e purificação espiritual. Além, é claro, de ser uma celebração para dar as boas vindas ao novo ano.Ao invés de dizer “Feliz Ano Novo”, eles agradecem a tudo de bom que aconteceu no ano anterior, e usam a expressão “Akemashite omedetou gozaimasu”! .

Há vários outros costumes:

– Rituais de purificação. Um mês antes as donas de casa japonesas fazem faxinas em suas residências. Isso também acontece nas empresas, os funcionários são convocados para um mutirão no local de trabalho. Muita gente aproveita para colocar tatamis novos e trocar o papel de parede.

– Os sinos dos templos entoam 108 badaladas para recepcionar o Ano-Novo. A cerimônia, conhecida como joya no kane, relembra os japoneses dos 108 pecados existentes no homem, segundo o budismo.

– Como não se pode tra­balhar nos dias do Oshougatsu, as donas de casa japonesas têm de preparar as refeições para os três dias ante­cipadamente e com alimentos que possam durar esse pe­ríodo. Surgiu, assim, a tradição de comer toshikoshi-soba (um tipo de macarrão) na última noite do ano.

– Outra tradição é beber saquê doce (otosô), que começa a ser servido pela manhã. Segundo os antigos, o vinho de arroz japonês traz saúde e vida longa. Já no dia do ano novo, é servido um banquete especial que inclui diversos pratos colocados em uma caixa de madeira laqueada (juubako).

– O principal prato é o ozouni, uma sopa à base de mochi, vegetais, frutos de mar e, às vezes, carne. Quem come o ozouni no Oshougatsu terá sorte e a graça dos deuses durante o ano.

– No primeiro dia do ano os japoneses tem o costume de visitar um templo para pedir por saúde e felicidade.

– Do dia 1º ao 3º dia do ano o país pára, pois a tradição japonesa diz que nesses dias não se deve trabalhar. Isso porque pode-se espantar o deus da Felicidade. O período é reservado para o descanso, as tradições e recepcionar o novo ano.

Um homem vestido de leão e um flautista saem pelas ruas, executando uma dança, a shishimai, em frente das casas para atrair sucesso material às famílias.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em dezembro 5, 2011 em Cultura Oriental

 

Tags: ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: